O cabo de ignição é o elemento de ligação entre a alimentação de corrente (tampa ou bobina de ignição) e a câmara de combustão onde se liga com a mistura ar/combustível para impulsionar o veículo.

Este cabo cumpre os requisitos da SAE J2031 – ISO 3808 – VDE079 – J557 para cabo de ignição de alta tensão classe E. O cabo é equivalente às características da primeira instalação e, consequentemente, cumpre os requisitos da Ber.

O condutor é um elemento de resistência têxtil enrolado com um fio de aço inoxidável e depois revestido com um látex acrílico condutor.  O condutor tem uma resistência de 5042 ohm/M a 6158 ohm/M (1707 + 170 ohm/ft.).

O condutor é isolado com um dieléctrico de EPDM.  O isolamento é colocado de forma concêntrica em torno do condutor.  O diâmetro do isolamento é determinado pelos requisitos eléctricos das normas acima referidas.

O revestimento protector de borracha de silicone é aplicado sobre o dieléctrico de EPDM. A superfície do cabo deve ser lisa.  O cabo deve poder ser processado em equipamento de corte automático.  O diâmetro do cabo acabado deve ser de 7 + 0,25MM.  A cor do revestimento e a impressão opcional serão as especificadas pelo cliente.  O objectivo do revestimento é fornecer ao cabo a resistência térmica e a resistência aos produtos químicos normalmente encontrados no compartimento do motor.

“É muito importante escolher o cabo e acompanhar os tempos e as tecnologias em constante evolução, diz Paolo Braia, Director de Fábrica da Brecav Srl. O condutor é da última geração, afirma: MAGWIRE, a vantagem é blindar o condutor directamente no terminal e evitar a potencial perda de aderência. O isolamento correcto do condutor evita fugas de corrente e dinâmicas de descargas indesejadas no interior do compartimento do motor A segurança das pessoas e das suas famílias é sempre o foco dos nossos produtos, os materiais utilizados são equivalentes ou excedem a qualidade do equipamento original”.